+ infoAcontecer
Fátima
Mostra de presépios motivou deslocação
«Um museu extraordinário, que me surpreendeu»
Texto Francisco Pedro | Foto Ana Paula | 10/02/2015 | 18:31
imagem: 1 2
Maria Cavaco Silva visitou a exposição com uma parte da sua coleção de presépios, no Museu de Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, e ficou surpreendida com a riqueza museológica do espaço
imagem
Habituada a participar nas peregrinações ao Santuário de Fátima, Maria Cavaco Silva voltou à Cova da Iria esta terça-feira, 10 de fevereiro, mas para visitar o Museu de Arte Sacra e Etnologia, dos Missionários da Consolata, em particular a exposição temporária «Contemplar a Glória – Representação da Natividade na Arte Contemporânea», que integra parte da sua vasta coleção de presépios.

Após uma visita atenta e demorada ao museu, a primeira dama manifestou-se agradavelmente surpreendida com o que acabara de ver. «Foi um encontro com um museu extraordinário, que me surpreendeu muito. Porque em Fátima, normalmente, vamos ao Santuário, estamos nas peregrinações, e depois acabamos por não ver o resto. Foi uma caminhada com peças de arte extraordinárias, e que muito me agradou», disse à FÁTIMA MISSIONÁRIA.

Maria Cavaco Silva destacou ainda a série de encontros felizes que esta visita lhe proporcionou. Além do contacto com a estatuária do museu, foi o reencontro com os seus presépios «mais contemporâneos, mais arrojados, que estão extremamente bem expostos», e com o Instituto Missionário da Consolata, onde há vários missionários que foram seus alunos, ao tempo em que dava aulas na Universidade Católica.

«O missionário não tem ilusões materiais sobre a vida que o espera, ele sabe que vai encontrar muitas dificuldades, não apenas as dificuldades materiais, mas as outras dificuldades que ele quer vencer. Não é alguém que só vai falar da fé, de Cristo e do Evangelho, mas que vai também para ajudar as pessoas na sua vivência diária, nas suas dificuldades, de alimentação e de saúde. E são pessoas extraordinariamente felizes», afirmou a mulher do Presidente da República, realçando «a importância que o exemplo deles dá ao mundo».

A exposição, promovida em parceria com o Museu da Presidência da República, tem cerca de 40 presépios e está patente até domingo, 15 de fevereiro. Entre as várias peças, inserem-se trabalhos de autores representados no Santuário de Fátima, como os de Siza Vieira, Cristina Leiria, Clara Menéres e José Aurélio.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.