+ infoAcontecer
Justiça & Paz
Legislação
Austrália retira nacionalidade a suspeitos de terrorismo
Texto F.P. | 06/12/2015 | 11:21
Governo australiano aprovou uma lei que permite a retirada da nacionalidade a pessoas com dupla nacionalidade envolvidas em atividades terroristas. Os visados serão entregues ao país de origem
O Parlamento australiano uniu-se para aprovar uma lei destinada a retirar o estatuto de cidadão nacional com plenos direitos às pessoas com dupla nacionalidade que se venha a provar estarem envolvidas em atividades terroristas. A medida contou com o apoio dos deputados da oposição.

A Austrália estima que 110 dos seus cidadãos combatem atualmente na Síria ou no Iraque, integrados em grupos jihadistas como o Estado Islâmico. Pelo menos 45 já morreram em combate. Neste sentido, o ministro da Justiça, George Brandis, congratulou-se com o resultado da votação por reforçar as ferramentas jurídicas antiterroristas.

A nova lei, porém, só se aplica às pessoas condenadas a pelo menos seis anos de prisão por envolvimento terrorista. Quem perder a nacionalidade australiana ao abrigo desta norma será repatriado para o seu país de origem, esclareceu o governante.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.