+ infoAcontecer
Portugal
Solidariedade
Fiéis portugueses ajudam sul-sudaneses
Texto J.B. | Foto Lusa | 28/02/2017 | 15:51
A quantia alcançada através das renúncias quaresmais dos cristãos da região de Portalegre-Castelo Branco servirá para ajudar um país africano e os refugiados recebidos em Portugal
imagem

A verba reunida com as renúncias quaresmais dos fiéis da diocese de Portalegre-Castelo Branco vai ser utilizada para ajudar a população do Sudão do Sul, revela Antonino Dias, bispo diocesano, na sua mensagem para a Quaresma. A «renúncia quaresmal» vai ser dividida em partes iguais: «metade destinar-se-á, atendendo ao pedido do Papa Francisco, ao Sudão do Sul, país devastado por um conflito fratricida e uma grave crise alimentar onde milhares de pessoas morrem de fome, mais de um milhão estão em risco e um milhão e meio são refugiados».

«A outra metade, a critério da Cáritas Diocesana, será para apoiar os refugiados na nossa diocese, para que se sintam amados e recuperem a esperança de melhores dias», explica o prelado. No mesmo documento, Antonino Dias tece uma breve reflexão sobre o período de preparação para a Páscoa: «a Quaresma convida-nos a olhar para cada minuto do dia-a-dia como tempo favorável, o momento oportuno. Jejum, partilha e oração, atitudes eclesiais a que cada Quaresma sempre convida, não são os `mínimos legais´ do acesso a Cristo. São sim os sinais da nossa caminhada».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.