+ infoAcontecer
Mundo
Moçambique
Americanos investem na erradicação da Sida
Texto F.P. | Foto Lusa | 13/09/2017 | 10:32
Parte dos mais de 300 milhões de euros destinados pela administração norte-americana ao plano de emergência para combate à doença vai ser investida em território moçambicano
imagem
O embaixador norte-americano em Moçambique, Dean Pittman, anunciou esta semana que o seu país alocou uma verba superior a 300 milhões de euros ao Plano de Emergência do Presidente dos Estados Unidos para o Alívio da Sida, para o próximo ano. Parte desta verba será aplicada na prevenção e tratamento da população moçambicana.

Segundo o diplomata, o objetivo é traçar uma estratégia ambiciosa para eliminar o HIV/Sida – uma doença que afeta 13,2 por cento de moçambicanos -, através de parcerias com o Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Combate à Sida, Fundo Global, ONUSida e organizações da sociedade civil, nacionais e estrangeiras.

Neste âmbito, estima-se que até final de 2018, mais de 1,2 milhões de moçambicanos com HIV estejam em tratamento. «Iremos também expandir esforços para garantir que todas as mulheres grávidas e lactantes conheçam o seu estado serológico para prevenir a transmissão da doença aos recém-nascidos», esclareceu o embaixador.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.