+ infoAcontecer
Mundo
Pequenas empresas «são armas contra o desemprego»
Texto F.P. | Foto Lusa | 12/10/2017 | 12:09
Há mais 3,4 milhões de desempregados do que o ano passado. Organização Internacional do Trabalho recorda o papel das micro e pequenas empresas na geração de emprego e no crescimento económico
imagem
O mais recente relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que este ano termine com mais de 201 milhões de desempregados, o que significa um aumento de 3,4 milhões de pessoas sem emprego, em relação a 2016. O documento destaca a importância das pequenas empresas na dinamização do mercado de trabalho.

Segundo Vinícius Pinheiro, chefe da OIT em Nova Iorque, as micro e pequenas empresas com menos de 20 trabalhadores são «uma das maiores armas contra o desemprego», pois têm um papel fundamental na «geração de emprego e no crescimento económico».

«Em termos globais, 35 por cento do total do emprego é gerado nas micro e pequenas empresas», mas em Portugal, por exemplo, esse valor chega aos 42 por cento. O número de deste tipo de sociedade comerciais registou um crescimento significativo na última década, mas tem vindo a estagnar, o que indicia que não têm recebido «a atenção necessária para que esse potencial de impacto sobre o emprego possa ser melhor explorado», sublinha o responsável.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.