+ infoAcontecer
Mundo
Vaticano
Papa alerta para riscos de uma «detonação» nuclear
Texto J.B. | Foto Lusa | 10/11/2017 | 16:28
Os riscos de uma «detonação acidental» de armas nucleares são um dos motivos que levam o Papa a afirmar que «é preciso condenar» a posse destes materiais
imagem

O Papa chama a atenção para os efeitos de uma eventual utilização de armamento nuclear. «Não podemos deixar de sentir uma grande inquietação ao considerar as catastróficas consequências humanas e ambientais de qualquer uso de armamentos nucleares», alertou Francisco, perante os participantes do Congresso Internacional sobre Desarmamento Nuclear, que iniciou esta sexta-feira, 10 de novembro, no Vaticano.

 

Além disso, o Santo Padre alertou para os riscos de uma «detonação acidental» de armas nucleares. «É preciso condenar com firmeza a ameaça do seu uso, bem como a sua própria posse», frisou o Sumo Pontífice, citado pela agência Ecclesia.

 

O Congresso Internacional sobre Desarmamento Nuclear prolonga-se até sábado, 11, com a presença de 11 vencedores do Prémio Nobel da Paz, representantes das Nações Unidas e da NATO, assim como diplomatas da Rússia, Estados Unidos, Coreia do Sul e Irão.

 

No âmbito do encontro, os participantes têm a possibilidade escutar o testemunho dos `Hibakusha´, as pessoas afetadas pelas explosões de Hiroxima e Nagasáqui, durante a Segunda Guerra Mundial. Segundo o Santo Padre, os seus testemunhos representam uma «voz profética» e também um alerta para as novas gerações.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.