+ infoAcontecer
Mundo
Brasil
Facilitada integração financeira de refugiados
Texto Juliana Batista | Foto Rafael | 13/11/2017 | 17:27
Funcionários formados especialmente para atender refugiados vão facilitar a atribução de microcrédito a esta população
imagem

As pessoas que se encontram refugiadas no Brasil vão ter acesso a um atendimento especializado em três agências do Banco do Brasil, localizadas no centro de São Paulo. A iniciativa vai facilitar a concessão de microcrédito a esta população, contribuindo assim para sua integração financeira.

 

O anúncio desta parceria estabelecida entre o Banco do Brasil e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) foi feita este mês por Paulo Caffarelli, presidente do Banco do Brasil, durante a sua intervenção no evento motivacional Inspira BB, que contou com momentos musicais e com o testemunho de Fareeda Khalaf, refugiada iraquiana da minoria yazidi, vítima de atos da violência exercida pelos jihadistas do grupo radical Daesh.

 

Raptada em 2014, Fareeda conseguiu escapar e escreveu o livro «The girl who beat ISIS», ainda sem tradução em português, onde dá conta das atrocidades que sofreu sob o domínio do grupo extremista. «Para mim é muito importante estar neste evento e ter a oportunidade de dar voz a uma minoria religiosa que sofre perseguições e representando milhões de refugiados que enfrentam situações desumanas na luta por uma vida digna», disse a jovem, citada pelos serviços de comunicação das Nações Unidas.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.