+ infoAcontecer
Portugal
Junho de 2018
Festival homenageia vítimas dos incêndios
Texto J.B. | 14/11/2017 | 15:07
Evento vai levar livros e escritores nacionais e estrangeiros a locais imprevisíveis de regiões do centro de Portugal, afetadas pelos fogos

O primeiro Festival Literário Internacional do Interior (FLII) vai prestar homenagem às vítimas dos incêndios, de 15 a 19 de junho, sob o tema «Palavras de fogo». O festival «tem um caráter inovador, uma vez que se trata de uma realização intermunicipal que abrange dez concelhos da região afetada pelos fogos e pretende levar os livros e os escritores [a] locais onde as pessoas trabalham e convivem», refere em comunicado Ana Filomena Amaral, escritora e presidente da Arte-Via Cooperativa, promotora do evento.

 

«Onde houver pessoas haverá livros, eles estarão nos sítios mais inusitados, à mão de quem os quiser ler, os escritores portugueses e estrangeiros irão aos locais mais surpreendentes, os livros e as palavras farão novamente renascer a cor por entre o negrume», descreve a escritora. No decorrer do festival, vão realizar-se em simultâneo «concursos, palestras, workshops, leituras, feiras do livro, espetáculos, multimédia, performances, instalações [e] exposições», lê-se no comunicado citado pela agência Lusa.

 

Do evento faz ainda parte a criação de uma residência de escritores num dos dez municípios participantes, «a qual será inaugurada no decurso do festival e conta já com várias parcerias nacionais e internacionais de residências congéneres». O festival deverá envolver as bibliotecas municipais e redes de bibliotecas escolares de Pedrógão Grande, Oliveira do Hospital, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Penela, Pampilhosa da Serra, Arganil, Vila Nova de Poiares, Miranda do Corvo e Lousã.

 

O grupo coordenador do festival é constituído pelos escritores Ana Filomena Amaral, Pedro Mexia, José Luís Peixoto, e pela docente Fátima Cabral. A iniciativa conta com o patrocínio da Presidência da República e será também uma ocasião para assinalar os 18 anos da Arte-Via Cooperativa e os 28 anos da queda do Muro de Berlim. 

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.