+ infoAcontecer
A Missão Conta
Moçambique
Missionários abrem furos para a população
Texto Diamantino Antunes | Foto Carlo Biella | 16/11/2017 | 16:25
Captações de água evitam que as mulheres e crianças tenham que fazer todos os dias vários quilómetros, até um ponto de abastecimento. As novas infraestruturas foram recebidos em clima de festa
imagem
A falta de água e e de água com qualidade é um problema que afeta muitas aldeias do distrito da Maravia, no distrito de Tete, no extremo oeste de Moçambique. Para responder a esta situação de emergência, os missionários da Consolata da Missão de Fingoè, com o apoio de benfeitores, abriram recentemente três furos de água nas aldeias de Uncanha, Malowera e Kassuende.

A alegria das populações beneficiadas foi grande e mais que justificada pois agora o precioso líquido jorra mais próximo das suas casas e é de boa qualidade. Foi com muita alegria que os missionários inauguraram os poços na presença dos moradores.

Até aqui longos quilómetros eram percorridos por dia por mulheres e crianças. Com a abertura destes poços, todos acorreram com recipientes para poderem prover às suas necessidades de água para cozinha e higiene, celebrando a chegada deste bem tão desejado e tão necessário à existência básica das populações.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.