+ infoAcontecer
Portugal
Comunidade de Leitura de São Lázaro
Comunidade de leitura aborda fuga ao «ritualismo frio»
Texto Juliana Batista | Foto Sérgio Carvalho | 08/01/2018 | 12:31
Cristãos de Braga que integram comunidade de leitura vão debruçar-se sobre o livro «Sinais Sagrados». O pároco local pede um «não à superficialidade dos ritos e dos gestos»
imagem

Os fiéis bracarenses da paróquia de São Lázaro que fazem parte da comunidade de leitura local estão a preparar mais um encontro do grupo. A sessão está agendada para terça-feira, 9 de janeiro, e terá lugar na Sala de Convívio do Centro Social Paroquial, a partir das 21h15. O encontro é aberto ao público em geral.

 

Os participantes preparam-se para analisar a obra «Sinais Sagrados», de Romano Guardini. Roberto Mariz, pároco local, destaca a particularidade da obra. «Estamos perante uma pequena obra que nos ajuda a penetrar o significado dos gestos e sinais da liturgia», realça o sacerdote.

 

Partindo do livro, o religioso faz um apelo. «Não ao ritualismo frio, não à superficialidade dos ritos e dos gestos. Interiorizar, viver e sentir o sagrado que nos envolve e constrói, eis o desafio que nos é colocado. Desde o sinal da cruz, ao bater no peito, passando pelo altar, somos convidados a fazer uma hermenêutica existencial com Deus que caminha connosco», explicou Roberto Mariz, citado pelos serviços de comunicação da arquidiocese de Braga.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.