+ infoAcontecer
Portugal
«Pequena fraternidade provisória»
Jovens europeias apoiam pobres no Algarve
Texto J.B. | Foto Comunidade Ecuménica de Taizé | 09/01/2018 | 08:42
Pessoas que vivem em sofrimento na região de Faro, vão poder contar com a companhia, solidariedade e amizade de três jovens da Europa, ao longo de um mês
imagem

As alemãs Valérie e Clara, e a polaca Kasia, vão estar em Portugal de 25 de janeiro a 25 de fevereiro, para darem vida a uma «Pequena fraternidade provisória», um projeto da Comunidade Ecuménica de Taizé, sediada em França, que propõe a jovens a vida comunitária numa aldeia ou bairro urbano, onde devem dar testemunho do Evangelho e partilhar as «alegrias e tristezas dos seus habitantes».

 

Ao longo deste período, as jovens vão ficar alojadas na casa das Missionárias da Caridade, em Faro. O dia-a-dia das três contará com três orações comunitárias, trabalho pastoral e social com as comunidades cristãs locais, visitas a pessoas isoladas ou em situação de sofrimento, animação de orações abertas a qualquer pessoa e encontros com jovens.

 

A colaboração pastoral e social de Valérie, Clara e Kasia será prestada em consonância com o trabalho realizado pelas irmãs da comunidade algarvia das Missionárias da Caridade, que acolhem em sua casa pessoas desfavorecidas, algumas das quais «doentes, sem quaisquer meios de subsistência», informa o jornal `Folha do Domingo´. Depois das cidades do Porto, Bragança e Torres Vedras, está será a primeira vez que uma «Pequena fraternidade provisória» se vai instalar no sul de Portugal.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.