+ infoAcontecer
Opinião
Peregrinação da Família Missionária da Consolata a Fátima
«Temos uma mãe»
Texto Opinião | Eugénio Butti * | 01/02/2018 | 16:30
A nossa peregrinação anual, como Família Missionária da Consolata, a Fátima, onde há pouco acabámos de celebrar o Centenário das Aparições, é uma belíssima oportunidade que Deus nos oferece para visitar a Mãe Celeste
«Confiai em Maria! Garanto-vos que não vos arrependereis!» É à luz destas palavras do Papa Francisco que queremos viver a 28ª Peregrinação da Família da Consolata a Fátima. É uma expressão que está em sintonia com o carisma mariano que nos transmitiu o beato José Allamano, fundador dos Missionários e das Missionárias da Consolata. O beato José Allamano inspirava-se em Maria para exortar os seus missionários e missionárias no sentido de os preparar a enfrentar as dificuldades e os desafios da missão que os esperava. Ele nutria uma forte ligação filial e total confiança para com a Virgem Santa Maria, a Mãe Consolata, Mãe do verdadeiro e único Consolador, Jesus Cristo.

A nossa peregrinação anual, como Família Missionária da Consolata, a Fátima, onde há pouco acabámos de celebrar o Centenário das Aparições, é uma belíssima oportunidade que Deus nos oferece para visitar a Mãe Celeste. Sim, vamos visitar a Mãe! «Temos uma Mãe!» É assim que o Papa Francisco nos recordou na Missa do último dia 13 de maio, por ocasião da sua memorável visita, como peregrino ao Santuário de Fátima. Que sintonia entre o beato Allamano e o Papa Francisco! Maria, a Mãe de Jesus, é a Mãe que Ele nos confiou na pessoa do discípulo e Apóstolo São João, aos pés da cruz.

Com certeza, do alto da cruz, Jesus queria dizer a João e a nós: Tendes uma Mãe! Confiai nela, garanto-vos que não vos arrependereis! Olhando para Ela, seguindo os seus exemplos, amando a Deus e aos irmãos como Ela os amou, tornar-nos-emos também nós verdadeiros discípulos do seu Filho Jesus. Quantos missionários e missionárias da Consolata sentiram e experimentaram esta forte presença maternal de Maria nas suas caminhadas evangelizadoras!

Pudéssemos todos nós, depois desta peregrinação a Fátima, voltar para nossas casas com esta certeza acrescida nos nossos corações: não só temos um Pai Celeste que nos ama imensamente e em quem podemos confiar cegamente, mas temos também uma Mãe Celeste que, em Jesus seu Filho, nos acolhe e ama como seus verdadeiros filhos.

«Temos uma Mãe!» Sejamos discípulos e discípulas missionários e missionárias de Jesus, nas nossas casas, aldeias e cidades e vamos ao encontro de quem ainda O não conheceu e O não ama, amando-os com um coração cheio de amor, como o de Maria, nossa Mãe. Não nos faltarão dificuldades, incompreensões… e até perseguições; nessas horas lembremo-nos das palavras do Papa Francisco: «Confiemos nela e não nos arrependeremos!»

* Superior Provincial dos Missionários da Consolata em Portugal
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.