+ infoAcontecer
Mundo
Desigualdade no mundo é «inaceitável»
Texto F.P. | Foto Lusa | 09/02/2018 | 12:21
Secretário-geral das Nações Unidas considera que a desproporção na distribuição da riqueza a nível mundial provoca desconfiança nas instituições e pode levar a conflitos em vários países
imagem
«Inaceitável». É assim que António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, classifica o nível de desigualdade no mundo. «Hoje, as oito pessoas mais ricas têm a mesma riqueza que metade da população mais pobre» e isso provoca desconfiança nas instituições, podendo levar, inclusive, ao surgimento de conflitos em vários países, alertou o ex-primeiro ministro português.

De visita à Coreia do Sul, onde esta sexta-feira, 9 de fevereiro, se iniciam os Jogos Olímpicos de Inverno, Guterres sublinhou que a globalização, em conjunto com o progresso tecnológico, permitiu ter um grande aumento de riqueza, de comércio e muitas melhorias para a maioria da população mundial, mas que também aumentou drasticamente as desigualdades.

Esta situação, segundo o líder da ONU, gera um aumento da falta de confiança entre as pessoas, regiões e setores deixados para trás, e justifica o seu pedido de um novo acordo para a globalização, que já havia formulado no início do ano, quando apresentou as prioridades da organização para 2018.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.