+ infoAcontecer
Mundo
Moçambique lança plano de combate à corrupção
Texto F.P. | Foto GZA | 08/03/2018 | 11:01
Na sessão de apresentação da estratégia para os próximos cinco anos, o Presidente moçambicano apelou ao envolvimento de toda a sociedade na luta contra «este fenómeno maligno»
imagem
O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, quer o país empenhado no combate implacável à corrupção e pediu o envolvimento de toda a sociedade na luta contra uma prática que mina o desenvolvimento e prejudica a erradicação da pobreza no país.

«Mais do que nunca, é altura de atuar, atacando de forma implacável e com medidas concretas as raízes do problema, por forma a acabar com a corrupção antes que este fenómeno maligno nos elimine», afirmou Filipe Nyusi, na apresentação do Plano Estratégico do Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC).

Para o governante, «o chamado pequeno desvio é a porta de entrada para os grandes males que desaguam na corrupção». Neste sentido, considera que a sociedade moçambicana não deve ser condescendente com qualquer tipo de ato de corrupção, porque a prática de pequenos desvios de recursos resultam depois na grande corrupção.

O plano agora apresentando tem uma duração de cinco anos e prevê um investimento de 6,4 milhões de euros. Um dos desafios que preconiza é o aperfeiçoamento do quadro legislativo, para uma punição efetiva da corrupção e crimes conexos, explicou Ana Gemo, diretora-geral do GCCC.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.