+ infoAcontecer
Mundo
Missionários expressam solidariedade a povo venezuelano
Texto F.P. | Foto DR | 14/03/2018 | 17:32
Religiosos lamentam a falta de alimentação, de serviços básicos de saúde, as famílias separadas pelos deslocamentos forçados em busca de segurança, e manifestam-se próximos dos que sofrem
imagem
«Comovidos com a realidade que está a viver o povo venezuelano», os missionários da Consolata que participaram na Assembleia Pós-Capitular do Continente Americano, em Bogotá, Colômbia, emitiram uma nota a expressar solidariedade e apoio a toda a população da Venezuela, em especial às pessoas que estão a sofrer diretamente com a crise política e social que afeta o país.

«Muito para além de toda a situação política, dói-nos o presente da Venezuela. A falta de comida, de serviços básicos de saúde, as crianças impedidas de ir à escola, as famílias separadas pelo deslocamento forçado em busca de segurança, os povos originários e os afro descendentes despojados dos seus territórios e cultura», afirmam os religiosos no documento.

Os missionários admitem que nestes momentos de angústia as pessoas possam perguntar-se `onde está Deus´, e aproveitam para dizer a quem se interroga que «Deus sempre acompanha quem está no caminho» e «Jesus sempre se identifica com o deslocado». «Ele encoraja-nos a manter a fé e a esperança num futuro melhor, sabendo que quanto mais escura é a noite, mais próxima está a luz de um novo dia que amanhece», sublinham.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.