+ infoAcontecer
Mundo
Guterres preocupado com processo de paz na Colômbia
Texto F.P. | Foto UN Photo / Jean-Marc Ferré | 13/04/2018 | 07:02
Secretário-geral das Nações Unidas alerta para a necessidade urgente de se tomarem medidas concretas de reintegração dos ex-guerrilheiros, tal como havia sido estipulado no acordo de paz
imagem
A insegurança, o ressurgimento da violência e o atraso na reintegração económica e social dos ex-guerrilheiros são os principais desafios da aplicação do processo de paz na Colômbia, segundo o mais recente relatório do secretário-geral da ONU, António Guterres, sobre a Missão de Verificação das Nações Unidas destacada no país latino-americano.

«A transição da primeira reinserção para a reincorporação sustentável ainda não está concluída e essa incerteza continua a minar a confiança dos ex-combatentes na reinserção e no próprio processo de paz», destacou o líder da ONU.

O governo colombiano está a estabelecer algumas das bases, em particular o quadro legal para aceder à propriedade de terras, os estudos técnicos para levar à prática os projetos, e o regulamento financeiro que permita que dezenas de cooperativas criadas pelos ex-guerrilheiros comecem a funcionar.

Para Guterres, «é fundamental que nos próximos meses essas medidas se traduzam em conquistas concretas nos espaços territoriais e em alguns dos novos assentamentos para onde se mudaram muitos ex-combatentes».

A dois meses das eleições presidenciais, o secretário-geral da ONU aproveitou para exortar os partidos políticos participantes nos comícios a trabalharem para que a violência se reduza ainda mais e se alcance um novo patamar na consolidação da política pacífica e inclusiva.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.