+ infoAcontecer
Mundo
Ébola chega à cidade e causa alarme no Congo
Texto F.P. | Foto G.P. | 17/05/2018 | 15:07
O primeiro caso detetado numa zona urbana deixou em alerta as autoridades sanitárias locais e mundiais. A cidade tem 1,2 milhões de habitantes e a propagação do vírus pode revelar-se catastrófica
imagem
O vírus do ébola que atinge a República Democrática do Congo (RDC) alcançou pela primeira vez uma zona urbana. «Confirmou-se um novo caso en Wangata, uma cidade com 1,2 milhões de habitantes na província do Equador», revelaram esta quinta-feira, 17 de maio, os responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS).

«A chegada do ébola a uma zona urbana é muito preocupante e a OMS e os seus parceiros trabalham juntos para intensificar rapidamente a procura de todos os contactos do caso confirmado», assinalou o diretor regional da organização para África, Matshidiso Moeti.

As autoridades congolesas declararam um novo surto de ébola a 8 de maio, no noroeste do país. Até agora, dos 44 casos registados, 23 dos quais com consequências mortais, todos tinham ocorrido numa zona rural de difícil acesso, na região de Bikoro, junto à fronteira com a República do Congo.

Segundo as agências internacionais, a OMS tem sido duramente criticada pela alegada lentidão na reação, o que levou a que tenha tardado a declarar o atual surto como «emergência de saúde mundial».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.