+ infoAcontecer
Mundo
Especialistas preparam novas leis para assédio no trabalho
Texto F.P. | Foto J.M. | 01/06/2018 | 07:03
Conferência Internacional em Genebra, Suíça, irá abordar a violência e o assédio nos locais de trabalho, para que seja criado um novo instrumento jurídico que aborde este problema de forma específica
imagem
Os delegados da Conferência Internacional do Trabalho, que decorre em Genebra, na Suíça, vão negociar a adoção de um novo instrumento jurídico que aborde de forma específica a violência e o assédio no meio laboral. Durante o encontro, que se prolonga até ao final da próxima semana, irão discutir também a situação laboral das mulheres, o diálogo social e a cooperação para o desenvolvimento.

«Uma nova brutalidade pode encontrar-se no espantoso sofrimento infligido em tantos conflitos no mundo, no fracasso coletivo para ir ao encontro dos mais necessitados, na violação das normas de direitos humanos, ou no questionamento dos princípios básicos da vida democrática. Creio que a nossa Conferência deve ser o baluarte contra estas realidades», afirmou o diretor-geral da organização, Guy Ryder, na abertura da reunião.

Para o responsável, uma destas realidades prende-se com o assédio em geral, que já chegou aos titulares de cargos internacionais. «Enfrentamos hoje a evidência de que, como a parte submersa de um icebergue, há um problema de má conduta que desvirtua e contamina o mundo do trabalho e o torna particularmente hostil e intimidador para as mulheres», sublinhou Ryder.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.