Acontecer
Trezentos anos de romaria colocam norte de Portugal em festa
Texto J.B. | Foto FNSR | 10/06/2018 | 15:56
A ornamentação de dezenas de andores, uma tertúlia, uma exposição e um cortejo são apenas algumas iniciativas destinadas a festejar o aniversário de uma romaria realizada no distrito de Braga desde 1718
imagem

Os 300 anos da Romaria em Honra de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe vão ser comemorados ao longo de vários dias, com um conjunto de eventos culturais e religiosos, naquela freguesia do município de Cabeceiras de Basto, em Braga. A romaria arranca a 30 de agosto, e, em vez dos habituais três dias de festa, este ano as comemorações prolongam-se durante a semana, culminando a 8 de setembro, data oficial das celebrações em Honra de Nossa Senhora dos Remédios.

 

A conferir especial grandiosidade aos festejos vão estar a «Procissão de velas» e a «Procissão do triunfo». A primeira é considerada como o maior momento de devoção e entrega da comunidade a Nossa Senhora dos Remédios. A segunda reúne «dezenas de andores adornados pela população do Arco de Baúlhe», apontam os serviços de comunicação da arquidiocese de Braga.

 

A assinalar o aniversário da romaria vai estar o «Jantar dos 300 anos», que terá lugar numa tenda montada para o efeito e para o qual «toda a comunidade é convidada» a participar. Com o mesmo objetivo, terá lugar uma tertúlia dedicada aos «300 anos da Romaria», a exposição de «20 anos de Romaria», e ainda o «Cortejo dos 300 anos». Soma-se ainda a habitual Eucaristia em Honra de Nossa Senhora dos Remédios. O primeiro registo da existência da Romaria de Nossa Senhora dos Remédios remonta a 1718.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.