+ infoAcontecer
Fátima
Cristãos chamados a espalhar amor gratuito
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 16/07/2018 | 12:10
Tal atitude contribuirá para «ajudar a cuidar dos sofrimentos físicos e morais» dos outros, demonstrou António Marto em Fátima
imagem

Qualquer cristão é chamado à missão, levando aos outros o amor gratuito, de maneira «simples e alegre», disse António Marto, cardeal e bispo na diocese de Leiria-Fátima, aos fiéis que peregrinaram à Cova da Iria e que assistiram à missa dominical no recinto de oração.

«Para podermos testemunhar e partilhar esta experiência boa não são precisas muitas bagagens mas homens e mulheres que acreditam que a única bagagem indispensável e imprescindível é o amor de Deus», frisou o prelado, sublinhando que «este anúncio não se pode fazer por interesses políticos ou económicos porque é gratuito», e deve «ser alegre», para «ajudar a cuidar dos sofrimentos físicos e morais, para libertar dos medos que paralisam as nossas vidas, para contagiar a confiança em Deus e no seu amor e sermos capazes de caminhar com esperança».

«Esta é em síntese a missão dos cristãos», advertiu António Marto. «A fé cristã é esta experiência de vida, não se reduz a uma doutrina, ritos exteriores ou regras de bom comportamento mas uma experiência de vida feliz, de encontro e intimidade com Jesus», explicou o cardeal aos milhares de fiéis que se encontravam em Fátima na manhã de domingo, 15 de julho.

Entre os 19 grupos de peregrinos que se anunciaram no Santuário de Fátima, desatacam-se aqueles que integraram a Peregrinação Nacional do Movimento da Mensagem de Fátima (MMF). Estiveram também presentes nove grupos portugueses e nove estrangeiros provenientes da Bélgica, China, Costa do Marfim, Espanha, França, Irlanda, Polónia e Reino Unido, informa o Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.