+ infoAcontecer
Fátima
Santuário agradece a voluntários com passeio-convívio
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 07/08/2018 | 12:10
A iniciativa é uma manifestação de agradecimento, e teve como destino Arouca, conjugando «o melhor da cultura e o melhor da natureza»
imagem

O passeio anual de voluntários promovido pelo Santuário de Fátima reuniu cerca de 150 pessoas na última segunda-feira, 6 de agosto, constituindo um momento de convívio, encontro e de manifestação de agradecimento a todos quantos colaboram gratuitamente no templo mariano. «O voluntariado é sinal profético do nosso tempo: quando tudo parece ter um preço e a gratuidade parece carecer de sentido, o voluntariado vem tornar presente uma outra lógica mais conforme à fé cristã, ao modo como Deus se relaciona connosco e como nos desafia a procedermos uns com os outros», disse Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima.

O passeio-convívio teve como destino Arouca, cidade onde os voluntários puderam visitar o Mosteiro de Santa Maria de Arouca, o Arouca Geopark e a Casa das Pedras Parideiras - Centro de Interpretação. Além disso, assistiram a um recital de órgão dinamizado por Sílvio Vicente, organista do Santuário de Fátima, e participaram numa Eucaristia animada pelo Coro do Santuário de Fátima e presidida por Carlos Cabecinhas. O programa do encontro contemplou ainda a atuação do grupo de Cantas e Cramóis de Arouca e uma animação de concertinas que teve lugar no Parque de Merendas Vale de Raiz.

Voluntário há 18 anos, Cláudio Ribeiro, considera que esta iniciativa é algo de «muito bom e importante para o convívio entre todos». «Muitas vezes as pessoas, em momentos de maior aflição, visitam o Santuário e é nesses momentos que despertam para esta realidade que é o voluntariado. Eu sou de Fátima e desconhecia muitas das coisas que acontecem no Santuário, e tomei consciência numa noite em que na procissão das velas me perguntaram se gostaria de levar o andor de Nossa Senhora, e nunca mais parei de servir os peregrinos», conta o voluntário.

Para José Nuno Silva, capelão e um dos membros da recente Comissão de Voluntariado, o passeio constitui um momento «muito festivo» que conjuga «o melhor da cultura e o melhor da natureza». Além disso, o sacerdote destacou, em declarações aos serviços de comunicação do Santuário de Fátima, que a iniciativa tem a capacidade para se tornar no «primeiro dia de um novo tempo de voluntariado».

«Esperamos com este passeio solidificar os laços e suscitar maior interação e colaboração, que os voluntários do Santuário de Fátima sejam mais reconhecidos e melhor se reconheçam a si mesmos como dimensão fundamental do colo do mundo que Fátima é, e onde os voluntários têm um papel fundamental no acolhimento a todos os que vêm precisamente à procura de colo e vêm de todo o mundo», realçou José Silva, frisando que «Fátima pelos seus voluntários é um colo do mundo».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.