+ infoAcontecer
Mundo
Libertados presos políticos na Costa do Marfim
Texto F.P. | Foto DR | 10/08/2018 | 17:32
Presidente da República concedeu indulto a centenas de presos políticos. A esposa do ex-Presidente, Simone Ghagbo, que estava em reclusão acusada de crimes de guerra, também foi posta em liberdade
imagem
Para assinalar o Dia da Independência, o Presidente da República da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, concedeu indulto a cerca de 800 prisioneiros políticos, entre eles a mulher do ex-Presidente da República, Simone Gbagbo, detida por suspeita da prática de crimes de guerra.

«É uma decisão política tomada num contexto socio-político de tensão, em que quase toda a sociedade civil e política insistia em que a libertação dos presos políticos depois da violência posterior às eleições de 2011 seria um sinal da verdadeira reconciliação», reagiu o padre Donald Zagore, em declarações à agência Fides.

Segundo o sacerdote, pertencente à Sociedade de Missões Africanas, a única saída para o verdadeiro diálogo de reconciliação nacional «era uma política de amnistia com a libertação de todos os presos políticos», uma medida que acolheu unanimidade «tanto dos grupos sociais e políticos como dos religiosos».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.