+ infoAcontecer
Fátima
Primeira imagem peregrina de Fátima desloca-se ao Panamá
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 13/08/2018 | 09:57
A «exceção de levar» a «imagem peregrina número um» à JMJ é uma forma de demonstrar que os mais novos estão «no centro das preocupações pastorais da Igreja», indica Carlos Cabecinhas
imagem

A primeira imagem peregrina de Nossa Senhora do Rosário de Fátima vai estar na América Central, no âmbito da próxima edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que vai realizar-se no Panamá, de 22 a 27 de janeiro de 2019. O anúncio foi feito por Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor do Santuário de Fátima, durante a conferência de imprensa que antecedeu a abertura da Peregrinação do Migrante e do Refugiado, no último domingo, 12 de agosto.

«Entendemos ser da maior importância que o santuário marcasse presença de modo significativo abrindo a exceção de levar a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima», disse Carlos Cabecinhas, citado pela agência Ecclesia, adiantando que a deslocação da imagem surge na sequência de um pedido do arcebispo local.

De acordo com o sacerdote, a deslocação desta imagem é justificada pelo facto de a JMJ ser «um acontecimento eclesial de primeira importância», e também porque a população juvenil se encontra no «centro das preocupações pastorais da Igreja». Além disso, o tema que conduzirá a JMJ apresenta um caráter mariano, e a iniciativa constitui ainda uma forma de «representar a grande devoção dos cristãos no Panamá a Nossa Senhora de Fátima».

Após ter passado por «vários continentes», e ter sido «solenemente entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima», em 2000, «só muito excecionalmente», é que a primeira imagem peregrina de Nossa Senhora do Rosário de Fátima «sai do santuário», conforme explicou o reitor do Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.