+ infoAcontecer
Fátima
Ação da Igreja em prisões e hospitais testemunhada em Fátima
Texto J.B. | 04/09/2018 | 12:14
O Encontro da Pastoral Social decorre na Cova da Iria e conta com testemunhos sobre a pastoral exercida sobre pessoas com deficiência, reclusos e doentes. A iniciativa conta com o contributo de vários docentes do ensino superior
imagem

«A paróquia ainda é um lugar de proximidade?» É esta a pergunta que vai orientar a 32ª edição do Encontro da Pastoral Social que inicia em Fátima na tarde desta terça-feira, 4 de setembro, prolongando-se até à próxima quinta-feira, 6. A iniciativa ganha forma através de conferências, trabalhos de grupo, plenários, painéis, e momentos de partilha, convívio e oração, entre os quais se inclui uma Eucaristia, a recitação do terço e a participação na procissão das velas.

 

No decorrer do encontro será apresentada uma perspetiva histórica da paróquia, assim como as problemáticas sociais do envelhecimento. Também em foco estará a ação pastoral em contacto com pessoas com deficiência, reclusos e doentes, com intervenções de responsáveis ligados a cada um destes setores. No decorrer do evento será lançado o livro «Pensamento social do Papa Francisco, III volume», correspondente ao 31.º Encontro da Pastoral Social, realizado o ano passado.

 

O encontro conta com intervenientes como Cátia Tuna, do Centro de Estudos de História Religiosa, da Universidade Católica Portuguesa (UCP), e de Juan Ambrosio, da mesma instituição de ensino. Do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa intervirá Carla Pinto.

 

Entre o clero, destaque para a participação de Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, e de António Costa e José Traquina, bispos nas dioceses de Viseu e de Santarém, respetivamente. O encontro é organizado pelos membros da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, e decorre no Steyler Fátima Hotel.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.