+ infoAcontecer
Fátima
Educação para a interioridade propaga-se nas escolas católicas
Texto J.B. | Foto Educris | 07/09/2018 | 16:25
Especialista em educação da interioridade vai deslocar-se a Portugal para formar professores ao longo de cinco dias
imagem

Depois de ter dinamizado formações nas cidades de Fátima e do Porto no último ano, reunindo mais de 250 agentes educativos, Elena Andres, especialista basca em educação da interioridade, está de regresso a solo português. Desta vez, a profissional vai orientar uma formação intensiva de 11 a 15 de setembro, na Casa do Amor de Deus, em Fátima.

A sua audiência será constituída por cerca de 30 docentes de 22 estabelecimentos de ensino católicos, que escutarão as suas reflexões, análises e indicações, que vão incidir sobre o tema «A interioridade como paradigma educativo». A especialista internacional ministrará agora uma nova formação «mais prática do que teórica para dotar os professores de ferramentas e recursos válidos para a sua ação com os alunos», explica a autora da obra «A educação da interioridade».

Segundo Fernando Moita, responsável pelo Departamento das Escolas Católicas, do Secretariado Nacional da Educação Cristã (Educris), um dos propósitos desta iniciativa passa por «formar formadores» e educar de uma forma ainda mais particular. «Queremos, com esta formação mais intensiva, potenciar a dinâmica da interioridade para o ato educativo», explicou o responsável, em declarações aos serviços de comunicação do Educris.

Fernando Moita defende que a temática da interioridade é atual e, por isso, é necessário que se formem «professores capazes de serem elemento multiplicador nas escolas desta formação, de modo a enriquecer os projetos educativos das próprias escolas».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.