+ infoAcontecer
Fátima
Solidariedade da Mensagem de Fátima enaltecida em curso em Itália
Texto J.B. | Foto Ana Paula | 19/09/2018 | 17:28
Reitor do Santuário de Fátima destacou a «solidariedade com o próximo» presente na Mensagem de Fátima, durante uma aula que ministrou com Ângela Coelho, em Roma
imagem

Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor do Santuário de Fátima, abordou a dimensão profética dos relatos dos pastorinhos de Fátima, e demonstrou a atualidade da Mensagem de Fátima, durante uma aula que co-ministrou em Roma (Itália), na manhã desta quarta-feira, 19 de setembro.

 

O responsável apresentou aos seus ouvintes «aspetos fundamentais das visões proféticas de Fátima: a centralidade de Deus, o convite à adoração, o apelo à conversão, penitência e reparação, a solidariedade com o próximo e a apresentação do rosário como lugar fundamental da oração».

 

A segunda parte da aula foi proferida por Ângela Coelho, religiosa e ex-postuladora da causa de canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, que através de uma abordagem à história, conteúdo e interpretação do segredo de Fátima, enfatizou a «força profética da vida dos santos pastorinhos».

 

A intervenção de ambos foi uma ocasião para afirmar a atualidade profética da Mensagem de Fátima. A partir de declarações do Papa Bento XVI, e de Rino Fisichella, responsável pela Congregação para a Doutrina da Fé, foi evidenciado que a realização da profecia de Fátima «não está terminada» e continua «em aberto», com o presente, que é o «tempo da esperança», como «referência».

 

A aula ministrada por Carlos Cabecinhas e Ângela Coelho decorreu no âmbito de um curso da Pontifícia Academia Mariana Internacional (PAMI), que decorre de 17 a 22 de setembro na Pontifícia Universidade Antonianum, sob o tema «Entre fé, teologia e ciência». A iniciativa foi concebida com o objetivo desta constituir «um primeiro passo com vista à criação de um observatório para o estudo das aparições marianas», conforme indicam os serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.