+ infoAcontecer
Portugal
Lisboa
Palavras de Tolentino Mendonça ecoam no Festival Todos
Texto J.B. | Foto Ana Paula | 20/09/2018 | 15:16
Maestro que vai coordenar a peça realça que esta é dirigida «para quem acredita que Deus existe, mas também para quem, observando uma estrela ou diante de um desastre, reza para que Deus exista»
imagem

A oratória inter-religiosa «Credo», com palavras escritas e selecionadas por José Tolentino Mendonça, arcebispo, vai poder ser escutada na Igreja de Santa Engrácia, no Panteão Nacional, em Lisboa, com entrada livre mas sujeita à lotação do espaço, a partir das 18h30 do próximo domingo, 23 de setembro. Com a duração de uma hora, a composição conta com instrumentos como a kora, o oud, violoncelo, baixo elétrico e o órgão.

Mario Tronco, maestro da Orchestra di Piazza Vittorio, que interpreta a peça, realça que «crer» é uma «condição necessária para viver». «É isso que se irá cantar através das palavras escritas e escolhidas por José Tolentino de Mendonça. Será uma partitura de músicas para nove intérpretes e instrumentistas de proveniências muito diferentes», disse o responsável, citado pelos serviços de comunicação do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Para o maestro, a partitura de músicas para nove intérpretes e instrumentistas, torna-se numa «oração íntima, não ritual, para quem acredita que Deus existe, mas também para quem, observando uma estrela ou diante de um desastre, reza para que Deus exista». A apresentação da obra «Credo» marcará o encerramento da décima edição do festival «Todos – Caminhada de culturas», que inicia esta quinta-feira, 20, em Lisboa.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.