+ infoAcontecer
Fátima
«Participar na Eucaristia implica abandonar o egoísmo»
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 22/10/2018 | 12:37
Reitor do templo da Cova da Iria lembrou aos fiéis que Cristo «é um exemplo concreto de como sair de si e estar à disposição do outro»
imagem

Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, convidou os peregrinos da Cova da Iria a deixarem de se centrar apenas em si. «O serviço significa não nos centrarmos em nós próprios, sobre os nossos próprios interesses e sim sermos capazes de sair de nós, do nosso próprio egoísmo para olhar para os outros, para procurar o bem dos outros e para dar espaço a Deus», disse o sacerdote no decorrer na Eucaristia que teve lugar na manhã do último domingo, 21 de outubro, no recinto de oração.

O reitor do Santuário de Fátima esclareceu que «nada tem de mal» quando os cidadãos procurarem ser «os melhores», «ser muito bons em algum aspeto da vida» e obter reconhecimento pelos seus «méritos». «O problema é que muitas vezes a este desejo está associado um desejo de domínio sobre os outros, vontade de impor aos outros os nossos ponto de vista, articulado com um desejo imoderado de reconhecimento», alertou o responsável.

O sacerdote demonstrou aos peregrinos que Cristo «toda a Sua vida foi serviço, e desse modo é um exemplo concreto de como sair de si e estar à disposição do outro». Carlos Cabecinhas lembrou ainda que a Eucaristia é a «celebração desse serviço, dessa entrega por cada um de nós». «Participar na Eucaristia implica esta atitude de serviço, implica sair de nós, implica abandonar o egoísmo», mostrou o sacerdote aos fiéis, citado pelos serviços de comunicação do Santuário de Fátima. A celebração contou com a presença de 27 grupos de peregrinos.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.