+ infoAcontecer
Portugal
Iniciativa sustentável aplaudida no Porto
Texto J.B. | Foto DR | 06/11/2018 | 16:43
Os resultados de um projeto de reflorestação no norte de Portugal estão prestes a ser apresentados durante uma sessão que também contempla a apresentação de um livro dedicado à sustentabilidade
imagem

Os resultados da iniciativa «Futuro – Projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto» vão ser apresentados esta quarta-feira, 7 de novembro, no Campus Foz da Universidade Católica Portuguesa do Porto. A sessão será também uma ocasião para o lançamento do livro «Oito anos e 100.000 árvores nativas depois», e deverá iniciar pelas 17h30.

 

Entre os intervenientes encontram-se Jean-Philippe Beau-Douezy, administrador da Fundação Yves Rocher, e Eduardo Vítor Rodrigues, presidente do Conselho Metropolitano do Porto. A cerimónia será ainda uma ocasião para o reconhecimento público dos concelhos envolvidos e de representantes de cidadãos voluntários.

 

Para Isabel Braga da Cruz, presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, o projeto «Futuro» tem vindo a «traduzir-se num real impacto na sociedade». A responsável realça que a iniciativa das 100 mil árvores tem favorecido a «sustentabilidade ambiental e respetivo impacto na saúde e bem-estar geral».

 

Em oito anos, a iniciativa permitiu a plantação de 106 mil árvores nativas «em 174 hetares de terreno», que potenciou a «eliminação de 55 toneladas de poluentes da atmosfera por ano». O projeto contou com mais de 16 mil voluntários e 17 municípios da Área Metropolitana do Porto. Permitiu a requalificação de cerca de 50 áreas de interesse turístico e de lazer, e a atração de cerca de 400 mil euros para as áreas intervencionadas. Em 2017, a iniciativa foi distinguida com o prémio nacional «O Norte somos nós», na categoria de sustentabilidade.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.