+ infoAcontecer
Fátima
«Desafio é oferecermos-nos a nós próprios»
Texto J.B. | 12/11/2018 | 12:39
Peregrinos de sete países, além de Portugal, puderam escutar na Cova da Iria parte das atitudes tomadas pelos pastorinhos há mais de 100 anos, que disseram «sim» às propostas de Nossa Senhora, «sem hesitações nem condições»

Perante peregrinos de vários pontos de Portugal, e também de países como Espanha, Itália, França, Brasil, Estados Unidos da América e Filipinas, Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor do Santuário de Fátima, lembrou a questão que Nossa Senhora fez aos três pequenos videntes, em maio de 1917, sobre a disponibilidade destes para se oferecerem a Deus.

 

«A resposta destas crianças não deixou margem para dúvidas, pois disseram que sim, sem hesitações nem condições. A pergunta de Nossa Senhora aos pastorinhos é a que o Evangelho nos faz hoje: quereis oferecer-vos a Deus? Com frequência oferecemos a Deus o que nos sobra de tempo, atenção e amor, quando o desafio do Evangelho, repetido pela Mensagem de Fátima, é o de nos oferecermos a nós próprios, fazendo da nossa vida oferta a Deus», explicitou Carlos Cabecinhas.

 

A partir deste exemplo, o reitor do Santuário de Fátima motivou os fiéis a seguirem o exemplo dos três videntes, que é «constante estímulo de oferta pessoal a Deus», desafiando a um esforço de auto-análise da vida de cada em favor de uma oferta corajosa a Deus. As palavras de Carlos Cabecinhas, citadas pelos serviços de comunicação do Santuário de Fátima, foram proferidas na Missa do último domingo, 11 de novembro, na Basílica da Santíssima Trindade.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.