+ infoAcontecer
Mundo
Escola da ONU já ensina o português
Texto F.P. | Foto DR | 07/12/2018 | 07:02
Portugal e Brasil assinaram protocolo de cooperação que a língua seja ensinada na escola da organização, em Nova Iorque, Estados Unidos da América. A primeira turma já tem mais de 20 alunos
imagem
A Escola Internacional das Nações Unidas, a funcionar na sede da organização, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), vai passar a disponibilizar aulas de português, ao abrigo de um protocolo assinado entre a ONU, Portugal e Brasil, para desenvolvimento de um projeto-piloto dirigido a alunos que desejem aprender a língua em contexto extra-curricular.

«É especialmente importante porque é numa escola com mais de 1.600 alunos vindos de mais de 100 países onde se ensina essencialmente em inglês, mas também em outras nove línguas. O português estava ausente e a partir de agora passará a constar das possibilidades de aulas em regime extracurricular. A nossa esperança é que a partir de próximos anos seja incluída também no currículo da escola», afirmou embaixador português, Francisco Duarte Lopes.

Em declarações à ONU News, o embaixador brasileiro, Mauro Vieira, também destacou a importância do projeto para a cultura lusa: «Esperamos que com esse primeiro passo, que é o projeto-piloto, possa haver um número importante de alunos que procurem o ensino do português e que, então, se possa perpetuar a cadeira de língua portuguesa na escola. Seria muito importante, como um instrumento de divulgação da nossa cultura, das artes, da culinária, do turismo, enfim, da forma de ver e sentir o mundo em língua portuguesa».

A primeira turma já tem mais de 20 alunos inscritos, com idades entre os oito e os 18 anos. As aulas decorrem três vezes por semana e têm três níveis de aprendizagem. A escola Nações Unidas foi criada em 1947 por um grupo de pais funcionários da organização para implementar um ensino internacional preservando diferentes heranças culturais. A principal língua de ensino é o inglês e todos os alunos estudam francês ou espanhol. Podem também aprender árabe, chinês, alemão, italiano, japonês, russo, e agora o português.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.