+ infoAcontecer
Mundo
Moçambique
Mais um ataque mortal em Cabo Delgado
Texto F.P. | Foto Lusa | 08/02/2019 | 15:12
População estava a viver em acampamentos instalados no mato com receio dos ataques, mas nem assim conseguiu escapar à violência dos agressores, que decapitaram sete pessoas
imagem
Um novo ataque a uma aldeia da província de Cabo Delgado, em Moçambique, provocou sete vítimas mortais, segundo informações veiculadas pela agência Lusa, esta sexta-feira, 8 de fevereiro. Os atacantes raptaram ainda três mulheres e um jovem.

A ofensiva ocorreu durante a noite, numa altura em que a população local dormia em acampamentos instalados no mato, por recear um ataque. De acordo com fontes locais, as vítimas foram todas decapitadas. Desde outubro de 2017, já terão morrido cerca de 150 pessoas neste tipo de ataques.

A onda de violência em Cabo Delgado eclodiu após um ataque armado a postos de polícia de Mocímboa da Praia por um grupo com origem numa mesquita local, que pregava a insurgência contra o Estado e cujos hábitos motivavam atritos com os residentes há pelo menos dois anos.

Até agora, os grupos armados têm atuado sempre em zonas mais isoladas e fora da zona de implantação da fábrica e outras infraestruturas das empresas petrolíferas que vão explorar gás natural na região. Ainda assim, as companhias reforçaram as segurança nas áreas onde decorrem os trabalhos.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.