+ infoAcontecer
Portugal
Resíduos verdes convertidos em adubo natural no Porto
Texto J.B. | Foto Porto Ambiente | 08/02/2019 | 16:34
População do norte de Portugal conta agora com um serviço de recolha gratuita de resíduos verdes que contribuirá para produzir um adubo natural, evitando a deposição de ramos ou aparas de madeira no contentor dos resíduos indiferenciados
imagem

Os cidadãos do Porto têm agora a oportunidade de solicitar um serviço de recolha gratuita de resíduos verdes, através do qual lhes será entregue um `minibag´ para a separação dos resíduos verdes que possam produzir nos seus jardins, como por exemplo, ramos, podas, relvas, folhas ou flores, desprovidos de terras ou outros contaminantes, assim como aparas de madeira sem tratamento. O saco oferecido aos cidadãos deverá contribuir para facilitar o acondicionamento dos seus resíduos.

 

Através desta iniciativa, pretende-se levar até à população um «serviço mais cómodo e de maior qualidade» e, ao mesmo tempo, favorecer o «aumento da quantidade de resíduos verdes encaminhados para valorização orgânica», explicam os serviços de comunicação da Lipor. Além disso, esta «boa prática» contribui para o «cumprimento das metas nacionais de reciclagem de resíduos urbanos», e permite a «valorização dos resíduos verdes que retornam à terra através da conversão dos mesmos num composto natural».

 

A iniciativa é promovida pela Porto Ambiente e pela Lipor. Para agendamento do serviço de recolha de resíduos verdes no município do Porto poderá recorrer-se ao endereço eletrónico ecolinha@portoambiente.pt ou ao contacto telefónico 800 205 744, disponível nos dias úteis entre as 09h00 e as 17h00.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.