+ infoAcontecer
Portugal
Solidariedade
Cáritas de Coimbra apela a ofertas para imigrantes
Texto J.B. | Foto Cáritas | 13/03/2019 | 07:04
Resultado de peditório inserido na Semana Cáritas reverterá para os que fogem da guerra e das más condições de vida
imagem

A Semana Nacional Cáritas arranca em todo o país no próximo domingo, 17 de março, prolongando-se até ao domingo seguinte, 24, sob o lema «Juntos numa só família humana». À semelhança das edições anteriores, serão muitos os voluntários envolvidos num peditório público pelo país, que reverterá para os variados projetos sociais promovidos pelo organismo humanitário da Igreja Católica.

 

No caso de Coimbra, a «totalidade da quantia angariada» será encaminhada para o Centro de Acolhimento João Paulo II, sediado na paróquia de São José. O organismo beneficiário trabalha no terreno, «com reconhecido mérito», junto dos imigrantes, que «que tiveram de abandonar o seu lar por estarem à mercê de fatores estruturais e contingentes», indicam os responsáveis pela organização presente na cidade dos estudantes, em comunicado.

 

«A Cáritas de Coimbra e o Centro João Paulo II têm apoiado pessoas que deixam para trás as suas famílias e os seus países à procura de melhores condições, como os casos recentes de imigrantes da Venezuela, que, desde 2015 se tem deparado com uma crise económica profunda. As consequências desta têm resultado em imigração para vários países, em particular Portugal. É necessário dar-lhes acolhimento condigno e ajudá-los a retomar a possível normalidade», explicam os responsáveis pela Cáritas Diocesana de Coimbra, apelando à «cooperação de toda» a população para que se «alcance um verdadeiro desenvolvimento humano, alicerçado na defesa do bem comum e na construção de uma cultura de paz».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.