+ infoAcontecer
Portugal
Cristãos mobilizam-se para apoiar pessoas com deficiência
Texto J.B. | Foto Iris Hamelmann | 15/03/2019 | 12:16
O objetivo é converter um espaço infantil numa unidade de apoio à população com deficiência, para dar resposta à ausência desta valência em Setúbal
imagem

Os cristãos da paróquia da Cova da Piedade, na diocese de Setúbal, preparam-se para criar uma unidade de apoio a pessoas com deficiência, devido à falta de respostas neste setor. «Somos o distrito com menos respostas na área da deficiência», lamentou Natividade Coelho, diretora do Centro Distrital de Setúbal do Instituto da Segurança Social, durante uma jornada formativa promovida pelo Centro Social Padre Ricardo Gameiro (CSPPRG), em Almada, na última quinta-feira, 14 de março.

Perante a ausência de respostas nesta área, os responsáveis pelo CSPPRG pretendem converter um espaço dedicado à infância num lugar de apoio à população com deficiência. «O que pretendemos é uma unidade para jovens e adultos com deficiência», explicou José Pinheiro, sacerdote e presidente do CSPPRG, frisando que a nova estrutura deverá ser «uma unidade de capacitação para o mercado de trabalho», que «comporte também uma componente de residência».

Segundo José Pinheiro, existem muitos agregados familiares que se sentem incapazes de acompanhar os seus filhos com deficiência, uma dificuldade se complica com o envelhecimento dos pais. A jornada formativa decorreu sob o tema «Casa com lugar para todos – onde a deficiência vive», no Fórum Romeu Correia, reunindo pessoas com deficiência e diversas entidades públicas, indica a agência Ecclesia. Entre os intervenientes esteve Inês Medeiros, presidente da Câmara Municipal de Almada, que afirmou que a edilidade fará o que estiver ao seu alcance para dar forma a esta resposta social.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.