+ infoAcontecer
A Missão Conta
Missionário celebra bodas de ouro sacerdotais
Texto Simão Pedro | 30/03/2019 | 11:54
imagem: 1 2
O padre Serafim Marques celebrou as bodas de ouro sacerdotais na capela dos Missionários da Consolata, onde recordou que foi por causa da vontade de escutar e ajudar os jovens que sentiu a sua vocação
imagem
Aos 94 anos, o padre Serafim Marques, escolheu a capela dos Missionários da Consolata, em Fátima, onde foi ordenado sacerdote em 1969, para celebrar o 50º aniversário da sua ordenação. Na celebração, assinalada esta sexta-feira, 29 de março, com uma Eucaristia presidida pelo aniversariante, não foi esquecido o padre Adelino Francisco, o missionário que havia sido ordenado padre no mesmo dia e que faleceu no passado dia 2 de fevereiro. 

«Foi por causa dos jovens que senti a minha vocação», recordou Serafim Marques, explicando que foi irmão Marista durante muitos anos e só depois decidiu entrar no Seminário dos Missionários da Consolata, acabando por ser ordenado sacerdote quando já tinha 44 anos. Neste seu longo percurso de vida, já ouviu centenas, senão milhares de jovens, que procuraram o seu apoio. Ao primeiro que aconselhou a procurar o sacramento da reconciliação (confissão) para recomeçar uma vida nova, o resultado não foi o esperado e foi aí que decidiu ser padre. 

«O sacerdote a quem recorreu não foi capaz de escutar as aventuras do jovem com paciência e não teve capacidade de entender as suas fraquezas. O jovem sentiu-se julgado e rejeitado. O resultado foi a revolta com Deus e com a Igreja. Foi neste momento que senti que se fosse eu sacerdote, poderia ser o rosto da misericórdia de Deus, de modo especial para os jovens, pelos quais sempre senti um dever de acompanhar e guiar», adiantou o missionário. 

O padre Serafim celebrou a Eucaristia com o entusiasmo e o ardor de alguém que vive apaixonado por Jesus e pela vida e, no final, convidou a todos para participarem na festa que se vai realizar este domingo dia 31, de março, na paróquia de Santa Catarina, a sua terra natal, no concelho de Leiria.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.