+ infoAcontecer
Fátima
Presença de Cristo assume fórmula que «escapa aos sentidos»
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 03/06/2019 | 10:20
Cristão são todos aqueles que conseguem «levar» Cristo «aos outros», disse aos peregrinos o reitor do templo da Cova da Iria
imagem

No dia em que a Igreja assinalou a Ascensão do Senhor, Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, explicou aos peregrinos da Cova da Iria que a celebração desta data mostra que a presença de Cristo «assume uma fórmula nova, que escapa aos sentidos» e que a ascensão «não significa a ausência mas sim uma outra forma de presença de Jesus entre nós».

«[Embora] não O possamos ver como nos vemos, não O possamos encontrar como nos encontramos e não O possamos escutar como nos escutamos, isso não quer dizer que não O vejamos, não O escutemos ou não O encontremos. Ele permanece presente no meio de nós e é isto que afirmamos com veemência neste dia da Ascensão», disse o responsável na Eucaristia que decorreu na manhã do último domingo, 2 de junho, no recinto de oração.

Segundo o religioso, o «grande desafio» desta efeméride «é o de procurarmos este encontro com Cristo Vivo», referiu o sacerdote, adiantando que «cristão é todo aquele que encontra Jesus Cristo vivo e ressuscitado na sua vida, aquele que permanece com Ele no quotidiano da sua vida e O consegue levar aos outros». As palavras de Carlos Cabecinhas foram proferidas perante milhares de peregrinos, entre os quais se destacavam os participantes da «Peregrinação da família dehoniana a Fátima».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.