+ infoAcontecer
Mundo
Malásia
Igreja acompanha jovens que sofrem de depressão
Texto F.P. | Foto DR | 11/06/2019 | 07:03
Saúde mental dos adolescentes e jovens na Malásia é preocupante. Um em cada cinco sofre de depressão. A Igreja Católica está a desenvolver programas a nível paroquial para minimizar o problema
imagem
A Igreja Católica da Malásia está preocupada com a degradação crescente da saúde mental dos adolescentes e jovens e tem intensificado o trabalho pastoral em diversas dioceses e paróquias do país para ajudar os mais novos a crescerem na fé e evoluírem a nível pessoal.

«A condição mental originada pela depressão é um fenómeno crescente entre os jovens da Malásia. Perante esta emergência, várias paróquias e dioceses decidiram comprometer-se em acompanhar os jovens e ajudá-los a superar a depressão e os problemas de saúde mental», explicou o líder católico leigo, Joseph Pragasam.

O mais recente estudo realizado pelo Instituto de Saúde Pública do Ministério da Saúde revelou que o estado de saúde mental dos adolescentes na Malásia é preocupante. Um em cada cinco jovens, com idades entre os 13 e 17 anos, sofre de depressão, dois em cada cinco sofrem de ansiedade, e um em cada 10 sofre de stress.

«Devemos acompanhá-los na sua vida pessoal, a nível humano e espiritual, seguindo o seu caminho dos estudos. Os jovens de hoje têm que enfrentar muitos desafios e avançar na vida», sublinhou Pragasam à agência Fides, realçando também a importância do papel do pais na comunicação da fé aos filhos, pois «uma vida espiritual saudável pode protegê-los da depressão».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.