+ infoAcontecer
Fátima
Deus espera dos homens um «amor que se dá por inteiro»
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 17/06/2019 | 10:27
Bispo de Moçambique exortou os peregrinos de Fátima a levarem uma vida dedicada à ação missionária
imagem

Lúcio Andrice Muandula, bispo em Moçambique, presidiu à Missa no Santuário de Fátima, na manhã do último domingo, 16 de junho, data em que a Igreja celebrou a Festa da Santíssima Trindade. O prelado falou aos peregrinos sobre o envio do filho de Deus ao mundo. «Ao oferecer o Seu único Filho em sacrifício, é como se Deus Pai se curvasse todo, de joelhos, em oração, implorando a amizade do homem, que Ele mesmo criou. O canto de amor infinito, que Deus canta ao homem, espera a nossa resposta de amor sem limite, e Deus, através de Jesus, ensina-nos sobre o que devemos fazer para amá-Lo mais e sempre», referiu o bispo, apontando a missão como a resposta ideal ao amor de Deus.

 

Lembrando o Ano Missionário atualmente vivido pela Igreja Portuguesa, o prelado apelou à missão. «Esta é a resposta que Deus nos pede hoje e sempre… No Seu amor trinitário, ele espera de nós um amor que se dá por inteiro, que dá tudo pela salvação do Homem», referiu Lúcio Muandula, chamando os fiéis para uma vida dedicada à missão e dando o exemplo dos Missionários da Boa Nova, que cumpriram no último domingo a 53ª Peregrinação a Fátima.

 

O bispo moçambicano não se despediu dos peregrinos sem antes pedir a intercessão da mãe de Cristo para inspirar a humanidade nos `caminhos´ da missão. De acordo com os serviços de comunicação do Santuário de Fátima, fizeram-se anunciar grupos de peregrinos oriundos de várias dioceses portuguesas, mas também de Espanha, Itália, Polónia, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Estados Unidos da América e Coreia do Sul.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.