+ infoAcontecer
Mundo
Papa escolhe sete mulheres para dicastério
Texto F.P. | Foto Ana Paula | 11/07/2019 | 17:27
Francisco nomeou sete religiosas, pela primeira vez, para a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica. Entre elas está uma missionária da Consolata
imagem
Seguindo a linha que tem vindo a defender de reforçar a presença feminina nos dicastérios da Cúria Romana, o Papa Francisco nomeou recentemente, e pela primeira vez, sete religiosas para a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, o organismo do Vaticano que tutela as ordens e congregações religiosas.

Liderado pelo cardeal João Braz de Aviz, o dicastério era composto apenas por homens, uma situação alterada agora com a nomeação de 23 novos membros, entre os quais figuram seis superioras de congregações e uma líder de um instituto secular.

Além da italiana Simona Brambilla, Superiora Geral das Missionárias da Consolata, neste lote de mulheres nomeadas pelo Papa estão também a norte-americana Kathleen Appler, das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo; a francesa Françoise Massy, das Franciscanas Missionárias de Maria; a italiana Luigia Coccia, das Missionárias Combonianas; a espanhola Rita Sanz, da Companhia de Maria Nossa Senhora; a francesa Yvonne Reungoat, das Irmãs Salesianas, e a leiga polaca Olga Krizova, presidente do Instituto Secular das Voluntárias de Dom Bosco.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.