+ infoAcontecer
Mundo
ONU disponibiliza unidade para combater ataques em Cabo Delgado
Texto F.P. | 12/07/2019 | 15:06
Cooperação pode passar pela sensibilização das camadas mais jovens, para evitar que se juntem aos grupos armados que têm promovido ataques violentos na região, desde outubro de 2017
O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, disponibilizou esta semana os serviços da Unidade de Contraterrorismo da ONU para ajudar Moçambique a combater os grupos armados que têm protagonizado ataques em Cabo Delgado, norte do país. A medida de cooperação foi manifestada ao Presidente moçambicano, no âmbito da visita do ex-primeiro ministro àquele país africano.

«Tive a ocasião de manifestar ao governo de Moçambique a total disponibilidade da nossa Unidade de Contraterrorismo e Prevenção do Terrorismo Violento para colaborar» com as autoridades moçambicanas, disse Guterres, adiantando que o objetivo é criar condições para que «as camadas mais jovens tenham uma ação positiva no combate ao extremismo e a radicalização, evitando que sejam vítimas deste mesmo extremismo e desta mesma radicalização».

A província de Cabo Delgado, palco de uma intensa atividade de multinacionais petrolíferas que se preparam para extrair gás natural, tem sido alvo de ataques de homens armados desde outubro de 2017, que causaram a morte de mais de 200 pessoas, entre residentes, supostos agressores e elementos das forças de segurança.

O governo moçambicano tem apresentado várias versões sobre a violência na região, entre as quais motivações religiosas, alertando para o envolvimento de jovens das comunidades locais que têm sido aliciados com «falsas promessas falsas», recorda a agência Lusa.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.