Portugal
Filme coloca poluição dos rios em debate em Coimbra
Texto J.B. | 16/07/2019 | 12:16
O documentário vai contar com os comentários de Bia Carneiro, investigadora no Centro de Estudos Socais
imagem

A poluição vai estar em foco na próxima quinta-feira, 18 de julho, no Museu Nacional de Machado de Castro, em Coimbra, a partir das 21h30. O tema será abordado através da exibição do filme «Rio Azul: pode a moda salvar o planeta?».

 

A película acompanha o trabalho de Mark Angelo, um ativista internacional que luta pela conservação das águas dos rios. A narrar a obra está Jason Priestley, «outro dos grandes defensores das águas não poluídas», destaca a sinopse da obra.

 

«Este filme dá a volta ao mundo para nos revelar uma das indústrias mais poluentes: a moda. [O] documentário analisa a destruição dos nossos rios, o seu efeito sobre a humanidade e as soluções que inspiram uma esperança para um futuro sustentável», adianta a resenha da produção.

 

Realizado por David McIlvride e Roger Williams, naturais do Canadá, o filme vai contar com comentários de Bia Carneiro, doutoranda da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. A sessão tem uma duração aproximada de 95 minutos e insere-se na iniciativa ParaDocma, cujo objetivo passa por colocar a ecologia em debate na cidade de Coimbra.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.