Fátima
Seminaristas dedicam-se aos peregrinos de Fátima
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 16/07/2019 | 17:33
Programa do Santuário de Fátima coloca seminaristas portugueses e estrangeiros em contacto com os peregrinos e as dinâmicas daquele local de culto, ao longo do verão
imagem

Nove seminaristas provenientes de dioceses como Angra, Porto, Mindelo (Cabo Verde) e Dundo (Angola) vão estar no Santuário de Fátima ao longo das duas próximas semanas, no âmbito de uma ação de voluntariado promovida anualmente pelos responsáveis pelo templo mariano.

 

Seis dos nove seminaristas têm idades compreendidas entre os 21 e 36 anos, e foram recebidos esta terça-feira, 16 de julho. O acolhimento foi uma ocasião para os voluntários conhecerem os diversos espaços do santuário e para tomarem conhecimento do funcionamento daquele templo. Os seminaristas ficaram também inteirados das «principais tarefas e horários» que terão de efetuar, indicam os serviços de comunicação do templo da Cova da Iria.

 

O «programa diário incluiu sempre momentos de oração e de celebração», e contempla também «momentos de confraternização com os sacerdotes que servem habitualmente no santuário, seja como capelães ou confessores». Entre as tarefas atribuídas aos seminaristas estão o acolhimento e a prestação de informações aos peregrinos.

 

Os voluntários poderão também apoiar os visitantes na realização do «Itinerário do peregrino», disponibilizado naquele templo mariano, e colaborar «com os vigilantes-sacristães». Entre o grupo de seminaristas, dois deles vão realizar esta experiência pela segunda vez.

 

Esta proposta destinada aos seminaristas tem início esta terça-feira, 16 de julho, e prolonga-se até 31 de agosto, um período distribuído em três quinzenas. A iniciativa é dirigida a «todos os seminaristas que se encontrem em formação em Portugal», e também a «candidatos de outros países de língua oficial portuguesa», adianta o Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.