+ infoAcontecer
Mundo
Organização anuncia nova campanha de resgate no Mediterrâneo
Texto F.P. | Foto Anthony Jean / SOS Mediterrâneo | 23/07/2019 | 10:39
Depois de vários meses sem navio, a SOS Mediterrâneo conseguiu uma nova embarcação que vai utilizar para efetuar salvamentos ao larga da costa líbia
imagem
A organização não governamental (ONG) SOS Mediterrâneo, parceira dos Médicos sem Fronteiras (MSF), anunciou esta semana ir retomar as operações de salvamento ao largo da Líbia, tendo para o efeito fretado uma nova embarcação, de construção norueguesa.

«O barco vai patrulhar o Mediterrâneo central, de onde provém o maior número de alertas de socorro, mas sem nunca entrar em águas territoriais líbias», explicou o diretor de operações da ONG, Frédéric Penard, lamentando que desde que a coordenação das operações de socorro no mar foi confiada pela União Europeia às autoridades líbias, a situação se tenha tornado tornado «caótica».

A SOS Mediterrâneo procurava um navio há sete meses, depois do Aquarius ter perdido o pavilhão de Gibraltar, primeiro, e do Panamá, depois. O Ocean Viking dirige-se agora para o Mediterrâneo, onde já morreram pelo menos 426 pessoas desde o início do ano.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.