Fátima
Passeio torna colaboradores do Santuário de Fátima em peregrinos
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 06/08/2019 | 12:18
Colaboradores do Santuário de Fátima fazem a experiência daqueles que visitam a Cova da Iria, e deslocam-se até ao Santuário de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa
imagem

Mais de 150 pessoas que todos os dias prestam apoio no acolhimento aos peregrinos do Santuário de Fátima, participam esta terça-feira, dia 6 de agosto, no passeio anual dos voluntários da instituição. A iniciativa decorre com o lema «A Rainha e o pastorinho», em referência a Nossa Senhora do Rosário e a São Francisco Marto, cujos 100 anos da sua morte se assinalam este ano.

O destino dos colaboradores do templo da Cova da Iria é o Santuário de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa, espaço onde terá lugar uma Eucaristia. Está também prevista uma visita ao Paço Ducal de Vila Viçosa, assim como um momento cultural, proporcionado pelas Cantadeiras de Alcáçovas. Não faltará um momento de oração, que será inspirado no tema do passeio.

«Neste dia do passeio anual fazemos a experiência que fazem tantos dos que visitam o Santuário de Fátima: partem das suas casas como turistas, mas assumem atitude de peregrinos ao chegar ao Santuário», explica Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor do templo da Cova da Iria, no guia criado para esta visita.

«Saímos num passeio, numa viagem de lazer e de convívio uns com os outros, fora do lugar onde habitualmente nos encontramos e exercemos o nosso serviço como voluntários. Mas não será apenas o lazer a ocupar o nosso dia: visitamos um importante santuário mariano onde assumiremos a atitude de peregrinos, que para aí se dirigem para rezar e celebrar a fé», refere o sacerdote, que também acompanha os colaboradores neste passeio.

«Vamos em passeio e peregrinação ao santuário da Rainha de Portugal – a Imaculada Conceição – inspirados no exemplo de vida do pastorinho São Francisco Marto, de quem celebramos, este ano, o centenário da partida para junto de Deus», adianta Carlos Cabecinhas, que manifesta a sua «gratidão pela preciosa colaboração» que todos os voluntários prestam ao Santuário de Fátima, e que se torna num «manifesto testemunho de fé».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.