Fátima
«Correio de Nossa Senhora» é uma «riquíssima» série documental
Texto J.B. | Foto Santuário de Fátima | 08/08/2019 | 12:36
Agradecimentos e desabafos deixados pelos peregrinos de Fátima dão aos investigadores a possibilidade de «conhecer os contextos familiares e históricos de uma determinada época»
imagem

Desde o início do século, foram reunidas mais de 7,3 milhões de mensagens dos peregrinos para Nossa Senhora do Rosário de Fátima. As mensagens estão condicionadas em 1.948 unidades de instalação, ordenadas em 350 metros lineares de estanteria. As mensagens são entregues em mão aos vigilantes do Santuário, mas são também enviadas por correio ou por correio eletrónico, e depois depositadas na peanha onde está a imagem de Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições.

As cartas são depois arquivadas pelas Irmãs Oblatas Maria Virgem de Fátima, conforme explicou André Melícias, coordenador do Serviço de Arquivo e Biblioteca do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima, na noite da última quarta-feira, 7 de agosto, no âmbito de mais uma visita guiada à exposição «Capela-Múndi», patente no Santuário de Fátima.

Segundo o responsável, as mensagens tratam-se, sobretudo, de «pedidos de oração, de agradecimento, desabafos, pedidos concretos de intercessão, que permitem conhecer os contextos familiares e históricos de uma determinada época». Relativamente à possibilidade de consulta desta série documental «riquíssima» de «grande dimensão», André Melícias aludiu à necessidade do respeito à intimidade dos autores das cartas, algo que é acautelado no acesso diferido por um prazo de proteção de cinco décadas, e por um compromisso determinado com os investigadores que estabelece o cumprimento de regras éticas.

«Fica-nos a convicção de que a opção do Santuário de Fátima em recolher e tratar estas mensagens em ordem ao seu estudo é legítimo e é uma forma de valorizar a devoção e a fé daqueles que lhe deram ânimo. Esta documentação é riquíssima do ponto de informacional… Pode trazer dados novos à compreensão dos processos históricos do último século, ao nível nacional e internacional», destacou o orador, citado pelos serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.