+ infoAcontecer
Fátima
Peregrinação internacional aniversária de agosto
«Muitos são os líderes políticos que se fecham cada vez mais»
Foto Santuário de Fátima | 13/08/2019 | 11:59
Panorama político de entrave ao «diálogo, à compaixão e à paz» foi preocupação presente na Eucaristia da Peregrinação do Migrante e Refugiado a Fátima. A cerimónia ficou marcada pela 79.ª oferta de trigo ao templo mariano
imagem

«A mensagem de Fátima permanece mais atual do que nunca, porque nuvens carregadas pairam sobre o planeta e nós não sabemos o que nos reserva o amanhã. Ainda que o Santo Padre venha multiplicando as iniciativas e assumindo a defesa dos mais vulneráveis na causa da paz, nomeadamente através da promoção de uma ecologia humana integral, muitos são os líderes políticos que se fecham cada vez mais ao diálogo, à compaixão e à paz», lamentou Marc Ouellet, prefeito da Congregação para os Bispos, na manhã desta terça-feira, 13 de agosto, no Santuário de Fátima.

 

Aqueles que deixam os seus lares em busca de melhores condições de vida foram também recordados na Eucaristia que marca a peregrinação. «Hoje pensamos particularmente em todos os migrantes e refugiados que percorrem as estradas do nosso planeta à procura de uma pátria terrestre melhor», disse o cardeal canadiano, citado pelos serviços de comunicação do templo da Cova da Iria, e perante um recinto repleto de fiéis de pontos tão diversos do mundo.

A peregrinação internacional aniversária de agosto é marcada pela tradicional oferta de trigo pelos peregrinos, no momento da apresentação dos dons. O ritual acontece desde 13 de agosto de 1940, data em que um grupo de jovens da Juventude Agrária Católica, de 17 paróquias da diocese de Leiria, deu 30 alqueires de trigo para o fabrico de hóstias para dispêndio no templo mariano.

Ao longo do último ano foram oferecidos ao santuário «8215 quilos de trigo e 530 quilos de farinha». Foram consumidas em 2018, no templo da Cova da Iria, aproximadamente «37700 hóstias, e dois milhões e noventa mil partículas». As Eucaristias celebradas foram 10561.

Segundo o Santuário de Fátima, além de peregrinos portugueses, participam nas celebrações cristãos de países como o Vietname, Síria, Senegal, Suécia, Polónia, Malásia, França, Reino Unido, Sri Lanka, Estados Unidos da América, Malta, Bélgica, Brasil, Alemanha, Itália, Costa do Marfim, Irlanda, Indonésia, Espanha e um grupo de peregrinos Cingaleses e Indianos oriundos de França.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.