+ infoAcontecer
Portugal
Golfinho em plástico alerta para poluição dos mares
Texto J.B. | Foto Município de Albufeira | 28/10/2019 | 08:40
Escultura tem cerca de oito metros de comprimento e visa alertar moradores e turistas para a necessidade de adotar comportamentos sutentáveis
imagem

Com o objetivo de sensibilizar a sociedade para o problema da poluição nos oceanos, foi instalada no miradouro do Pau da Bandeira, em Albufeira, uma escultura com a forma de um golfinho com cerca de oito metros de comprimento, criada a partir de resíduos de plástico. Com o nome «Ouvir o oceano», a peça foi elaborada pela artista Bárbara Jane Boulter, e ficará exposta naquele local até ao final do ano.

«Albufeira é um município com uma forte ligação ao mar e esta é uma maneira de chamar a atenção para a necessidade de proteger os oceanos da poluição, que causa a extinção de muitas espécies marinhas, entre elas os golfinhos», referiu José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira, organismo parceiro desta iniciativa. Para o responsável, torna-se essencial «tornar a cidade mais amiga do ambiente para residentes e visitantes, contribuindo com ações diárias que ajudam a preservar o meio ambiente e a fazer deste planeta um lugar melhor para as gerações futuras».

 A ideia de instalar a peça numa das zonas mais simbólicas de Albufeira partiu da Junta de Freguesia de Albufeira e Olhos de Água. «O Pau da Bandeira é um dos locais mais turísticos da cidade, por onde passam milhões de turistas e param para tirar uma fotografia com vista para a praias dos Pescadores. Esperemos que esta escultura chame a atenção das pessoas e possa contribuir para a mudança de comportamentos ambientais, nomeadamente a não utilização do plástico», disse o autarca, citado pelos serviços de comunicação municipais. Nascida na Tanzânia e com a infância passada no Quénia, Bárbara Jane Boulter chegou ao sul de Portugal em 1962 e aí tem desenvolvido o seu trabalho artístico. A escultura está em exposição desde o passado dia 17 de outubro.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.