+ infoAcontecer
Fátima
Curso sobre Fátima com presença assinalável de jovens
Texto J.B. | Foto Ana Paula | 18/11/2019 | 15:28
Chegou ao fim mais uma edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima. A formação reuniu no Centro Pastoral de Paulo VI cerca de quatro centenas de pessoas, tendo-se registado uma forte participação dos mais jovens
imagem

A 14ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima chegou ao fim no Santuário de Fátima no último domingo, 17 de novembro, depois de três dias de formação, oração e reflexão. A iniciativa foi orientada por Ângela Coelho, religiosa da Aliança de Santa Maria, vice-postuladora da causa de beatificação da irmã Lúcia e ex-postuladora da causa de canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto. A formação decorreu sob o tema «O triunfo do amor nos dramas da história», no Centro Pastoral de Paulo VI.

«A interioridade da oração, da reparação e da consagração parecem coisas escondidas mas, como dizia o cardeal Ratzinger, têm uma força enorme e que é renovadora do mundo, porque o triunfo do amor na história universal começa por ser o triunfo do amor na minha própria história pessoal, na história daqueles com quem vou construindo as minhas relações, desde a família ao trabalho, e isto, levado à máxima dimensão, vai transformando a história do mundo», explicou a irmã Ângela Coelho.

«Nós falamos em dramas não em tragédia, porque esta parece não ter solução. O drama é algo difícil, que gera sofrimento, mas tem sempre solução e nós cristãos acreditamos que o amor de Deus e o seu triunfo no mistério pascal nos remetem para a salvação. Ora, como instrumentos Dele, cooperando com Ele também nós podemos ser agentes reveladores dessa salvação», disse a religiosa, adiantando que a grande `chave de leitura´ do curso é a de «que nós alertados para a possibilidade do sofrimento, diante dos males deste nosso mundo, saibamos que há alguém que nos ama, que se preocupa e que não estamos sozinhos».

«Creio que não há ninguém neste mundo que não traga uma ferida no seu coração, porque o sofrimento faz parte da história da humanidade. O que aqui se recebe em Fátima, creio, é esta consolação de que eu, no meu sofrimento, não estou sozinho; até me posso sentir assim, mas não estou abandonado. A oração do rosário não é apenas eu estar com Nossa Senhora ou com Nosso Senhor; é para eu tomar consciência de que Eles estão comigo e quando eu me sinto acompanhado sei que não sofro sozinho», explicou a formadora, em declarações aos serviços de comunicação do Santuário de Fátima. Segundo o templo mariano, no período do pós centenário, este foi o curso mais participado de sempre, registando-se a presença «assinalável de pessoas mais jovens». No total, a iniciativa contou a presença de cerca de 400 pessoas.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.