+ infoAcontecer
Mundo
Papa alerta para a exploração das mulheres na Tailândia
Texto F.P. | Foto Lusa | 21/11/2019 | 10:14
Na sua primeira intervenção no país asiático, Francisco chamou a atenção para a situação de vulnerabilidade das mulheres e crianças e aplaudiu o trabalho que tem vindo a ser feito para combater este flagelo
imagem
Sendo a Tailândia conhecido como um dos destinos para o turismo sexual, o Papa Francisco aproveitou a sua primeira intervenção no país asiático para denunciar que as «mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentadas e expostas a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso».

O Santo Padre chegou terça-feira a Banguecoque, mas só esta quinta-feira, 21 de novembro, iniciou a agenda oficial com a visita à sede do governo, onde quis reconhecer «os esforços» das autoridades tailandesas «para acabar com este flagelo, bem como todas as pessoas e organizações que trabalham incansavelmente para erradicar este mal e oferecer um caminho de dignidade».

Embora o Pontífice não tenha nomeado especificamente a exploração sexual de mulheres e crianças, sobretudo pelos turistas, este negócio representa ainda entre dois e três por cento do Produto Interno Bruto (PIB), apesar da grande redução registada nos últimos anos, de acordo com relatórios recentes.

Depois de um encontro com o primeiro-ministro tailandês, o general Prayuth Chan-ochoa, Francisco referiu-se ao fenómeno da migração que garantiu representar «pelas condições em que se desenvolve (...) um dos principais problemas morais que enfrenta a atual geração». «A crise migratória não pode ser ignorada», destacou, acrescentando que «a própria Tailândia, conhecida pelo acolhimento de migrantes e de refugiados, enfrentou esta crise devido à trágica fuga de países vizinhos».

O Papa insistiu também na necessidade de se «trabalhar para que as pessoas e as comunidades possam ter acesso à educação, a um trabalho digno, a assistência sanitária e, deste modo, atingir os mínimos indispensáveis de sustentabilidade que permitem um desenvolvimento humano completo».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.